Igreja Alto Warnow de São João - Indaial Santa Catarina

Vale Europeu/SC: rota enxaimel em Indaial, Timbó e Doutor Pedrinho

As cidades menores do Vale Europeu valem alguns dias de passeio. Resolvemos sair um dia pra ir em uma, mas acabamos indo em três, contando 2 cachoeiras, um mirante lindo e paisagens maravilhosas! Foi cansativo mas valeu cada poeira, buraco e lugar isolado do caminho :P

Roteiro: Blumenau > Indaial > Timbó > Doutor Pedrinho > Blumenau
Data: 23/01/2015
Distância total: 200km

Indaial

Indaial fica a 20km de Blumenau, onde estávamos hospedados. A cidade é grandinha, e fomos até lá pra fazer um trecho da Rota Enxaimel de moto, uma rota que passa por várias construções desse estilo europeu.

Indaial Santa CatarinaSanta Catarina

Indaial Santa Catarina

Ainda dentro de Indaial, pegamos uns 20km de estrada de terra em direção ao bairro “Warnow alto”. O caminho é ladeado por plantações de arroz e casinhas de campo, coisa de outro mundo (pra gente aqui de Minas).

Indaial Santa Catarina

Indaial Santa Catarina

Chegamos, por fim, na Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (encontrada no Google Maps como Igreja Alto Warnow de São João):

Igreja Alto Warnow de São João - Indaial Santa Catarina

Paramos a moto logo em frente e não tinha absolutamente nenhuma alma viva por perto. O lugar é cercado de mata e é um cenário perfeito de filme de terror, daqueles com bastante possessões. Dava arrepios ficar perto daquela igreja, ao mesmo tempo que ela é tão surreal!

Igreja Alto Warnow de São João - Indaial Santa Catarina

Voltando pra cidade, fomos parados por uma blitz e o farol tinha acabado de queimar, como contamos aqui. O que foi uma “sorte”, porque o pessoal da oficina nos indicou um mirante maravilhoso pra ir.

Timbó

Saindo de Indaial, nos enfiamos no meio de uma estrada de terra, novamente, pra chegar no tal mirante chamado “Morro Azul“, que fica em Timbó. 18km de estrada de chão depois, não exatamente nas melhores condições do mundo, chegamos em um mirante lindo!

Morro Azul Timbó Santa Catarina

Segundo o pessoal, em dias de céu aberto dá pra ver o mar no horizonte. Não vimos, mas valeu a pena mesmo assim.

Morro Azul Timbó Santa Catarina

A estradinha da subida é cercada de bromélias.

Morro Azul Timbó Santa Catarina

No caminho tem várias casas antigas típicas. O cenário todo é muito bonito.

Indaial Santa Catarina

Morri de medo todo o tempo que passamos lá, assim como praticamente em todos os outros lugares isolados que a gente foi. Tudo muito silencioso, sem turista, aquele silêncio de tem-um-psicopata-prestes-a-atacar :P

Eu já estava morta a essa hora e o Adriano no pique de encontrar outra estrada de chão. De Morro Azul fomos até o centro de Timbó e almoçamos no restaurante Paromas (self-service bem gostoso, porém como eram 14h a comida já estava fria).

Energias meio recarregadas, seguimos pra Doutor Pedrinho, passando por Benedito Novo no caminho.

Doutor Pedrinho

Uma das menores cidades que visitamos. Chegando lá, nem fomos até o centro da cidade mesmo. Paramos em uma mercearia na beira da estrada principal pra comprar uma cuca deliciosa de banana e perguntar onde ficavam as cachoeiras mais próximas. Escolhemos essas pra visitar:

Gruta Nossa Senhora de Fátima

Fica a 7km do centro, com um trecho bem pequeno de estrada de chão.

Gruta Nossa Senhora de Fátima Doutor Pedrinho Santa Catarina

É uma gruta onde foi feito um santuário, e dá pra entrar atrás da cachoeira.

Gruta Nossa Senhora de Fátima Doutor Pedrinho Santa Catarina

A gente chegou lá mais a tarde, não tinha ninguém, pra variar, e o lugar é muito macabro. Se ficasse mais tempo lá ia começar a ouvir MAIS vozes ainda. Acho que não ficamos 15min lá =P

Gruta Nossa Senhora de Fátima Doutor Pedrinho Santa Catarina

Gruta Nossa Senhora de Fátima Doutor Pedrinho Santa Catarina

 

Cascata do Paulista

Fica a mais ou menos 10km da cidade, passando por uma estrada de chão bem boa. O cenário de bosques de araucárias e vales é sensacional.

Cascata do Paulista Doutor Pedrinho Santa Catarina

Chegando na cachoeira, a única palavra pra descrever é UAU! A queda é enorme, as fotos não fazem jus ao impacto dela:

Cascata do Paulista Doutor Pedrinho Santa Catarina

Cascata do Paulista Doutor Pedrinho Santa Catarina

Considerações sobre o trajeto :P

Bom, tínhamos concordado antes de viajar que não seria uma viagem de estrada de chão, porque cansa mais, suja roupas demais que não tínhamos levado etc. Masss Adriano, louco por terra que é, não perdia a oportunidade de ver uma estradinha e entrar (e isso aconteceu por toda viagem, a gente querendo ou não, quando o Google Maps nos indicava uns caminhos muito sinistros).

Enfim, apesar das estradinhas que pegamos no meio do nada, foram paisagens inesquecíveis e lugares totalmente diferentes dos que a gente vê por aqui. Faça essa jornada também, principalmente se estiver de moto! :)

Dicas

  • Planeje ficar pelo menos 2 dias nessa região pra visitar com calma;
  • Pegue os guias turísticos na pousada ou em restaurantes das cidades. Ajudam muuuito, tem muita coisa que não encontramos direito na internet. E, claro, sempre pergunte em pousadas ou restaurantes o que tem de mais legal pra visitar.

 

Esse post faz parte do roteiro Sul do Brasil de moto, de Belo Horizonte à Santa Catarina. Veja por onde passamos:

 

rosi

Adora viajar, fotografar e escrever. Nos últimos anos aprendeu a gostar de mato, sol e desapegar de malas gigantes. Dramática, mas não tão fresca quanto parece =P