O que revisar em uma moto antes de viajar | BMW G 650 GS Sertão

Antes de viajarmos para o sul do Brasil e rodar 4.500km o Adriano levou a moto pra revisão. Aqui ele conta todas as dicas para você conferir na sua moto e viajar em segurança também :)


Antes de mais nada, levei a moto pra revisão no Feijão Motos, na região da Savassi em Belo Horizonte.

Óleos e filtros

Trocamos o óleo de motor, óleo de freio e óleo arrefecimento do motor. Trocamos também o filtro de ar e coloquei um filtro lavável, bemmm mais caro, porém, que não precisa ser mais trocado.

Relação

A relação da minha moto ainda rodava bem, porém, como íamos fazer uma viagem de quase 5 mil km e passar por rodovias rápidas e lugares mais desertos, resolvi trocar de uma vez e não correr nenhum risco. Isso pesou um pouco no orçamento, mas recomendo que para viagens mais longas deixe tudo impecável para evitar qualquer coisa mais grave.

Pastilha e pneus

Troquei a pastilha dianteira e verificamos os pneus. Perguntei ao mecânico se ele tinha conferido a bateria e ele disse que sim, porém, já em Florianópolis, a água dela secou e tive um pequeno susto, achando que a moto tinha “zicado”. Coloquei água e pegou de primeira. Mas ainda vou lá puxar a orelha do Feijão, que apesar disso é um ótimo mecânico. =)

Lavamos e lubrificamos toda a moto e pronto. Já podemos pegar estrada!

Baús

Resolvi trocar os baús por outros maiores. Antes usávamos o E21 da Givi, agora estamos usando o E360 também da Givi e que é bem mais em conta que outros modelos do mercado. Senti um pouco de diferença, pois esses baús são bem maiores e ultrapassam a extensão do guidom. Mas no final das contas não atrapalhou em nada e com os baús cheios a moto ficou bastante estável na estrada. Outro ponto foi a autonomia, onde em alguns trechos, mesmo estando pesado, a moto fez 27km/litro.

Corrente

Para manutenção da corrente, levei 3 tubos de graxa branca e comprei mais um no caminho. A cada 250, 300 km lubrificávamos.

Acessórios

Com relação aos acessórios, levei o kit de ferramentas que já vem na moto, um kit completo de chaves estrela, 2 produtos para encher e tapar furos de pneu, 2 câmaras de ar (frontal e traseira) e a ferramenta para soltar o pneu do aro e retirar o bico da câmara de ar.

Uma dica legal que meu mecânico deu foi levar um aditivo de gasolina, para o caso de abastecermos em algum posto de combustível estranho e a gasolina for ruim. Esse produto elimina o excesso de água e faz com que o combustível fique bom novamente. =)

Problemas na estrada

Tirando o problema com a bateria, não tivemos nenhum problema sério. O único outro incidente foi com o farol baixo, pois a lâmpada queimou justamente quando fomos parados numa blitz (a única da viagem!). A nossa sorte é que o guarda estava de bom humor e ao invés de nos multar indicou uma loja de motos pra trocarmos. A DJ Motos fica em Indaial/SC, perto de Blumenau, e o pessoal foi super solícito. Nem tinham a lâmpada na loja mas nos ajudaram a encontrar, não cobraram pelo serviço e ainda nos indicaram lugares ótimos pra visitar :)

Dicas

Além da revisão na moto, a dica é sempre levar uma faca ou canivete, um isqueiro e repelentes de mosquito para alguma emergência mais sinistra! Hahahaha.. E é isso! =)

rosi

Adora viajar, fotografar e escrever. Nos últimos anos aprendeu a gostar de mato, sol e desapegar de malas gigantes. Dramática, mas não tão fresca quanto parece =P