morrosp

Morro de São Paulo: como chegar, onde ficar, onde comer e o que visitar

Passamos 5 dias em Morro de São Paulo em janeiro. Nesse post você vai saber como chegar, dicas de pousada e restaurantes com preço bom e atrações turísticas da cidade.

Como chegar em Morro de São Paulo

Nós saímos de Belo Horizonte e fomos até Valença de moto. Nesse post aqui explicamos direitinho onde deixar a moto, onde pegar o barco pra Morro de São Paulo e quanto custa.

Morro de São Paulo

A cidade é literalmente um morro. Para chegar, é preciso subir uma ladeira.

Logo na entrada há a pracinha principal, cercada por restaurantes, lojas e pousadas. Há várias ruelas que seguem em direção às praias ou mais pra dentro da cidade, onde ficam a maioria das casas de moradores.

O transporte é todo com bicicletas e motos. Há um trecho onde tem carros 4×4 e ônibus que levam para outras praias e para o interior da ilha. A cidade tem caixas eletrônicos de alguns bancos (Brasil, Caixa e Bradesco), mas é comum estarem fora do ar ou sem dinheiro, por isso leve sempre algum com você. Há um posto de saúde, farmácias e supermercados.

 

Mirante, farol e tirolesa

O mirante tem uma vista linda das praias de Morro de São Paulo. Nele há uma tirolesa que cai dentro do mar. É claro que não tivemos coragem de ir, é radical demais pra gente haha.

 

Assista ao vídeo com as principais atrações da cidade:

 

Toca do Morcego

É um bar/lounge onde a principal atração é ver o pôr-do-sol. Custa R$ 10 a entrada. Abre por volta de 17h, mas a dica é chegar cedo. Chegamos por volta desse horário e quase não encontramos lugar bom pra ver o pôr-do-sol.

IMG_8507

As mesas, sofás e redes ficam espalhadas embaixo das árvores e a decoração é bem bonita. Depois que o sol se põe começa uma balada com música ao vivo, mas achamos os preços das bebidas e comidas muito caros e fomos embora. De qualquer jeito, vale a pena pela vista, que é linda!

vista da Toca do Morcego
vista da Toca do Morcego

Restaurantes

São muuuitos e de todos os tipos de comida. Esses que indicamos aqui são os que achamos mais em conta e com a comida mais gostosa!

El Sítio: não consigo decidir se esse ou o Papoula, abaixo, tem a melhor comida. O preço é em média R$ 30 um prato e a comida simplesmente maravilhosa. Pedi uma massa ao molho de camarão (a melhor que já comi) e o Adriano uma salada no abacaxi. O dono é italiano e muito simpático.

IMG_8545

IMG_8544

Pelas paredes do restaurantes estão espalhados recados de cada visitante, e claro que deixamos o nosso por lá:

Em cima à direita ;D
Em cima à esquerda ;D

 

Papoula: em média R$ 30 um prato e comida deliciosa. Comi um camarão no côco (melhor que já comi) e Adriano comeu frango ao molho de laranja e alecrim.

IMG_8440

IMG_8439

 

Padaria Senhor Seu Bonzinho: tomamos café nela quase todos os dias. O atendimento é ótimo, tem variedade e tudo é muito gostosas. Os sucos são naturais e o preço foi bem em conta! Recomendamos muito.

 

Ponto de Encontro: preço ok e comida gostosa. Comemos uma tapioca de carne de sol com queijo e uma salada.

IMG_8189

IMG_8190

 

Pousada

Ficamos na Suítes Viva Bahia, que são suítes sem café da manhã. Foi a mais barata que encontramos e pagamos R$ 150 a diária (a média era de R$ 200 pra cima). Porém, não recomendamos por uma série de problemas no quarto, o que nos frustrou bastante. As suítes ficam no alto de uma escadaria, nos fundos de uma outra pousada. O vaso estragou, o chuveiro estragou, a limpeza não era boa… enfim, caso você não tenha outra opção meeesmo, talvez até vale :P

GOPR0002.MP4.08_32_11_28

Ela fica há uns 15min da praça principal, é bem tranquilo de chegar. Fica em uma área de moradores da ilha e a princípio ficamos com um pouco de receio por ser mais isolada, mas não tivemos nenhum problema com isso.

 

Veja também

 

rosi

Adora viajar, fotografar e escrever. Nos últimos anos aprendeu a gostar de mato, sol e desapegar de malas gigantes. Dramática, mas não tão fresca quanto parece =P