12 Nov, 2015

Como encontrar pousadas e hotéis baratos

Quando viajamos, tentamos pagar uma média de R$ 100 ~ 150 por diária (com café da manhã). Acima de R$ 200 já achamos BEM caro. Contamos porquê aqui e damos várias dicas de como você pode economizar também.

Na hora de escolher uma pousada, pense o seguinte:

  • Seu objetivo é conhecer a cidade ou curtir a pousada? Se você for passar a maior parte do tempo fora e praticamente só for dormir na pousada, não vale a pena investir em comodidades que nem vai usar.
  • O que é imprescindível ter na pousada pra você? Pra gente é ar condicionado e garagem. O restante é luxo: piscina, cama enorme, banheiro enorme, varanda…
  • Quantas vezes você quer viajar por ano? Se você pagar diárias mais baratas, poderá viajar mais vezes!

Como encontrar pousadas baratas

Já adianto que dá trabalho, principalmente porque a gente usa TODOS os meios abaixo. Veja o passo a passo de onde procurar hotéis, pousadas, apartamentos, casas e chalés pra alugar:


BOOKING: é o primeiro lugar que olhamos pra ter uma noção dos preços do lugar. Se a diária mais barata que você encontrar já couber em seu orçamento, acabou o trabalho!

  • Dá pra reservar sem cartão de crédito. Já usamos esse tipo de reserva e funcionou.
  • Às vezes aparece um aviso de “só temos uma reserva restante” ou “esgotado”. O que acontece é que os hotéis e pousadas tem uma cota de quartos para o Booking e, quando esgota, não necessariamente o hotel está lotado. Entre em contato com o lugar, explique que viu pelo Booking e talvez eles te façam o mesmo preço de lá (já aconteceu isso com a gente).
  • Preste atenção na localização da pousada. O site mostra pousadas em locais próximos quando a cidade tem poucas opções.


SITES DE TURISMO DA CIDADE: procure pelos portais de turismo, geralmente toda cidade tem. Exemplo: Portal de turismo de Lavras NovasSão sites que reúnem várias dicas de turismo no lugar, incluindo hospedagem, onde comer, o que visitar.

O que eu faço é pegar a lista de hospedagem e mandar email pra TODAS pedindo orçamento. Já aviso que grande parte não responde. Então, vale mandar mensagem na página do Facebook ou pegar o telefone no site e mandar Whatsapp. Respondem muito mais rápido.


GOOGLE MAPS: digite o nome da cidade que você quer. Vai aparecer uma opção “Pesquisar nesta área”. Então, você procura por “pousadas”, que vão aparecer marcadas no mapa. Aí você pode ir entrando em contato pelo site oficial/Facebook.


SITES DE POUSADA/HOTEL: essa é a pesquisa básica. Procure no Google por “pousada + cidade que você vai”. Nem sempre, porém, os preços que eles publicam são os vigentes. É bom sempre entrar em contato, porque o site pode estar desatualizado, ou o dono fazer algum desconto por ser baixa temporada. Outra dica são os sites “muito chiques”, que você já pode esperar preços bem caros.


PÁGINAS DO FACEBOOK: digite na busca do Facebook “Pousada *nome do lugar que você vai*” que vão aparecer várias páginas de pousadas e hotéis. É prático entrar em contato por mensagem do Facebook, mas observe se a página é atualizada. Se não for, tente entrar em contato por algum e-mail ou site, porque dificilmente vão responder.


GRUPOS NO FACEBOOK: essa é boa pra quando você vai ficar mais tempo em um lugar. Faça uma busca por “Aluguel temporada *lugar que você vai*” ou “Nome do lugar”. Tem grupos em que o pessoal oferece aluguel ou você mesmo pode postar pedindo.


CLASSIFICADOS: quando você vai ficar mais tempo em um lugar, tipo mais de uma semana, pode ser mais negócio alugar uma casa, chalé ou apartamento. No OLX e Alugue Temporada sempre tem anúncios particulares. É legal pedir pra pessoa te enviar fotos e confirmar todos os detalhes. Veja também os comentários de outras pessoas que alugaram.


AIR BNB: As pessoas cadastram um espaço que querem alugar, que pode ser uma suíte dentro da casa da própria pessoa, uma casa inteira, um apartamento, um loft… O legal desse site é que tem comentários dos hóspedes que já ficaram lá. O ruim é que tem uma taxa alugando por lá, geralmente baixa, mas que pode fazer a diferença dependendo do preço.

 

Vale a pena comprar em sites de compra coletiva ou de descontos?

Já compramos alguns pacotes de pousadas por sites de desconto, como Groupon e Peixe Urbano. Geralmente foi bem mais barato que o preço normal, recebemos tudo que estava incluído na oferta e não tivemos nenhum problema. Sempre conferimos o seguinte:

  • Confira em quais datas a viagem é válida. Tem muuuita pegadinha de preço baixo só pra dia de semana;
  • Prefira os que tem validade maior, como até um ano depois da compra. Se houver algum imprevisto você pode remarcar;
  • Planeje mais de uma data disponível pra você ir. Entenda que são muitas pessoas comprando, então se você só puder ir em uma data exata, não vale a pena porque pode não ter vaga;
  • Confira TUDO que está incluso e o que não está, como taxas a mais que você precisa pagar;
  • Visite o site da pousada, procure o nome no Google e veja fotos reais, se tem reclamações e olhe no Facebook também;
  • Veja qual é o preço normal da pousada e se o desconto vale a pena;
  • No dia, leve o cupom impresso e todos os detalhes da oferta. Assim, se houver algo diferente, você tem comprovantes.

O que confirmar antes de fazer uma reserva

  • No caso de imóveis particulares, veja se a pessoa parece confiável: se responde rápido os e-mails, é atenciosa, se consegue atender a algum pedido como ter roupas de cama ou arranjar uma garagem. Não tem uma dica de como saber COM CERTEZA se a pessoa não irá roubar seu dinheiro. O bom é tentar achar referências sempre.
  • Pedir fotos do lugar: se não tem a foto de algum cômodo, por exemplo, do banheiro, também é bom pedir.
  • Procurar o que as pessoas falam do lugar e fotos reais de visitantes. O TripAdvisor ajuda bastante nessa hora. Eu mesma posto muitas classificações por lá, e as fotos reais às vezes são MUITO diferentes das fotos dos sites.

  • Sempre confirmar o endereço e anotar dicas de como chegar. Principalmente em cidades pequenas, os mapas podem apontar pra um lugar errado ou mesmo não ter internet.
  • Olhar o endereço no Google Street View pra ver como é o lugar e a vizinhança, se parece muito barulhento ou muito isolado, se é perto de padaria/supermercado, se dá pra ir a pé pra praia, por exemplo…
  • Confirmar se tem os itens que você quer. Pode estar na descrição, mas é importante confirmar algumas coisas pra não ter mal entendido. Sempre salve o e-mail da reserva ou leve impresso. Se houver qualquer diferença do combinado você pode mostrar. Confira tamanho da cama, roupa de cama e banho, garagem, ventilador, ar condicionado, se as tomadas são de 110/220V, se tem café da manhã…
  • Confirmar se tem estacionamento, se é fechado, se é na própria pousada, se é cobrado à parte.
  • No caso de ir de ônibus, pedir informações sobre como chegar na rodoviária, se tem táxi ou outro transporte.
  • Em caso de desistência e você já tiver pago, tente negociar com o lugar para ir em outra data ou a devolução de parte do valor.

Depois de confirmar a reserva, sempre vale perguntar mais:

  • Como está o tempo no lugar: já experimentamos na pele que previsão do tempo não vale nada :P
  • Como está a estrada pra chegar: pode ser que tenha caído um temporal e a estradinha tenha ficado em péssimas condições…
  • Dicas do que fazer: alguns funcionários estão bem preparados pra dar dicas, te dar mapas, panfletos e tudo mais. 

Tem mais alguma dica? Comente aqui!

veja os posts relacionados

Deixe seu comentário