10 dicas para viajar com o namorado(a) e aproveitar muuuito!

Dizem que você realmente conhece alguém quando viaja com essa pessoa, o que é totalmente verdade! Aqui dou algumas dicas do que a gente acha importante e tentamos fazer em nossas viagens. Se é sua primeira vez viajando de casal, são muito válidas também ;)

1. Planejem juntos

Escolham o destino, hotel, datas e atrações juntos. Adoramos planejar e ficamos com uma expectativa maior ainda pra ir! Além disso, com os dois decidindo juntos é muito mais fácil conciliar os interesses. Cada um pode propor fazer coisas de que gosta mais e não sofrer com a indecisão durante a viagem.

#VidaReal: nesse post aqui tem um modelo de planilha para organizar sua viagem e gastos.

2. Gastos

Conversem sobre quanto cada um vai gastar durante a viagem, se vão dividir ou se alguém está sem dinheiro. Imagina no meio da viagem você descobrir que seu dinheiro acabou e que o outro vai ter que te bancar, sem estar prevenido? :P

3. Cuide da sua bagunça

Não precisa fazer o serviço de limpeza do quarto, mas tente colaborar pra manter mais ou menos organizado. Quando não tem serviço de limpeza, também é legal passar uma vassoura de vez em quando, tirar o lixo e lavar a louça.

4. Companheirismo

Mesmo que as coisas não saiam exatamente do jeito que você quer, não culpe o outro pelo que está acontecendo e tente manter o bom humor e calma. Pegou uma tempestade de moto e teve que viajar por quilômetros molhado e com frio? Seu parceiro também teve. Na prática isso é bem mais fácil de falar do que fazer, mas vale sempre tentar.

Outra parte importante é cuidar do outro se ele ficar doente, se machucar, o que for. Faz TODA a diferença viajar com alguém em quem você confia e se sente seguro. Afinal, são só vocês dois!

#VidaReal: meus maiores problemas são fome e calor. Quando fico com um dos dois, é muito difícil não ficar mau humorada com tudo. Sou tão sortuda que Adriano é um poço de calma, e já fica preocupado comigo quando vê que estou assim rs
#VidaReal2: tenho um histórico de tombos em viagem. Da última vez, tropecei feio, e quando Adriano foi me levantar e perguntar se eu estava bem, eu disse um “simmm” com o tornozelo todo ralado e comecei a chorar. Ele só faltou me carregar no colo <3

5. Companhias

Se você quer uma viagem à dois, deixe isso claro pro outro desde o começo. Viajar com casais de amigos, principalmente se não tem muita intimidade, pode alterar bastante seu planejamento e você pode deixar de fazer coisas que gostaria. Se é difícil conciliar o gosto de duas pessoas, imagine de mais?

6. Rotina

É preciso entender que cada um tem seu horário de dormir, de acordar, de se arrumar. Mas também é preciso chegar em um meio termo na viagem, afinal vocês vão fazer as coisas juntos. Acho que é uma coisa que só se adapta no convívio mesmo, mas se você só acorda as 11h da manhã e vocês precisam sair cedo, tente ser maleável.

Ao invés de criticar os hábitos do outro, fale sutilmente o que te incomoda e veja como podem melhorar se for fundamental.

#VidaReal: eu durmo as 20h e acordo cedo, Adriano não consegue dormir cedo e acorda mais tarde. A gente consegue conciliar de manhã, quando acordo antes dele e leio, faço café ou outra coisa. De noite eu não sei o que ele faz porque eu já dormi há muito tempo kkk

7. Frescuras com comida ou pousadas

Cada um está acostumado com um tipo de alimentação, mas às vezes você não vai ter muita opção de lugares pra comer e vai ter que se contentar com o salgadinho do tio da esquina. A dica é levar de casa as coisas que você acha que não vai encontrar, se isso for muito importante.

Nem sempre também vocês vão chegar em um lugar e vai ser tudo lindo e maravilhoso. O jeito é aproveitar daquele jeito mesmo, já que vocês decidiram juntos onde ficar.

#VidaReal: sempre que fazemos uma viagem longa, tentamos comer pelo menos uma refeição com “comida de verdade” no dia. Quando não encontramos fico meio desesperada, mas o Adriano sempre me compreende e ajuda a procurar um lugar.

8. Internet

Tente dar um tempo na internet. Você está viajando pra passar um tempo maior com alguém que gosta. Quando vocês estiverem à toa, evite pegar o celular pra “passar o tempo”. Ao invés disso, por que não conversar com a pessoa que está do seu lado e conhecer mais sobre ela?

#VidaReal: um assunto que não tem nem discussão pra gente é postar fotos em redes sociais durante a viagem. Mas também sabemos que tem gente que adora fazer isso, e nossa dica é maneirar na frequência. Ninguém merece viajar com alguém que está mais interessado em tirar fotos e ver quantos likes ganhou ao invés de dar atenção ao outro.

9. Como lidar com discussões

Em momentos extremos (que pra você pode ser o sol quente e pro outro pode ser a moto quebrada), pode ser que vocês briguem. Tente resolver na mesma hora, conversar e chegar num acordo. Isso discutido, esqueça e continue curtindo a viagem.

#VidaReal: em uma das viagens, gravamos um vídeo do Adriano contando o que fizemos no dia, e ele diz “Nós acordamos cedo, a Rosi brigou comigo, tomamos café, voltamos pro quarto, conversamos, ela chorou e resolvemos”. E eu indignada “Então esse é seu resumo da briga?!”, e a gente ri do quão besta foi. Nem todas são resolvidas tão rápido e é preciso deixar a teimosia de lado e ceder. Um exercício eterno :P

10. Ser você mesmo

Não dá pra fingir 24h. Mesmo. Se você não está gostando de fazer algo, ou não está disposto no dia, diga isso, e ouça e respeite o outro também. Se você odeia viajar de moto, não vá apenas pra agradar o outro, porque uma hora você não vai aguentar mais. Aproveite o momento pra ser você mesmo e conhecer melhor os gostos um do outro!


Com tudo planejado, escolha um destino romântico
(ou de muita aventura radical :P) e aproveite muuuito a companhia do seu amor! Neste post aqui indicamos 5 lugares pertinho de Belo Horizonte para curtir à dois.

rosi

Adora viajar, fotografar e escrever. Nos últimos anos aprendeu a gostar de mato, sol e desapegar de malas gigantes. Dramática, mas não tão fresca quanto parece =P